HISTÓRIA DO PAU-BRASIL

O pau-brasil é conhecido dos brasileiros devido ao fato de ter originado o nome do nosso país e ter gerado o ciclo econômico que representou. Sobre ele, existe uma grande ameaça de extinção. Sem dúvida, representa um marco histórico do País, e, no entanto, poucos têm conhecimento sobre seu ciclo econômico, suas características botânicas e as implicações históricas envolvidas.

  • CICLO ECONÔMICO (1500 a 1875)
Em 1500, na chegada de Cabral, Pero Vaz Caminha descreveu: “mataria que é tanta, e tão grande, tão densa e de tão variada folhagem, que ninguém pode imaginar”. Diante da exuberância encontrada pelos portugueses, estes descobriram a existência de uma riqueza para eles inesgotável: o pau-brasil. Os índios brasileiros já utilizavam esta árvore para a confecção de arcos, flechas e a pintura de enfeites, com um corante vermelho intenso extraído do cerne. O ciclo econômico teve início em 1503 e, até 30 anos após a chegada dos portugueses, era o único recurso explorado pelos colonizadores. Com a exploração, a terra do pau-brasil tornou-se de muita importância e, em pouco tempo, Pindorama (denominação tupi que significa Terra das Palmeiras) oscilou entre os nomes oficiais Ilha de Vera Cruz, Terra de Santa Cruz, Terra do Brasil e, logo em seguida, apenas Brasil. 
O carregamento da madeira era enviado para Portugal e, de lá, a matéria-prima era enviada para Antuérpia, na Bélgica, de onde seguia para os principais consumidores: Inglaterra, Alemanha e Florença, na Itália.
 A exploração era monopolizada pela Coroa, sendo que, mesmo após a implementação das capitanias, seus donos não podiam explorar a madeira nem tão pouco impedir que representantes da Metrópole o fizessem.
Em 1850, com a comercialização de anilinas sintetizadas, inicia a era da queda da importância comercial do pau-brasil. Mesmo assim, até 1875, ele ainda era um dos nossos mais importantes itens comerciais. 
  • CICLO DO DESPREZO (1876 a 1970)
Na época das Capitanias Hereditárias, a de Pernambuco foi uma das que mais prosperou, graças à cultura da cana-de-açúcar. E essa cultura, mesmo ali, onde se localizava a capital do pau-brasil, o derrotou. Substituído por culturas mais rápidas e de lucro fácil, permitiu um século de abandono e desprezo, principalmente após 1876, pelo Império.
  • CICLO RESTAURADOR (1971 aos nossos dias)
O Movimento em Defesa do Pau-brasil teve início em Pernambuco, em 1970, por iniciativa do professor Roldão de Siqueira Fontes, mais tarde apoiado pela Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE, através do seu Reitor, Prof. Adierson Erasmo de Azevedo e do Governo Federal, que partiram para uma campanha nacional. Logo depois, foram plantadas 50.000 mudas pela UFRPE e pelo Departamento Nacional de Obras de Saneamento – DNOS, nas margens da barragem do Rio Tapacurá.
About these ads

2 Responses to “HISTÓRIA DO PAU-BRASIL”


  1. 1 Rodrigo junho 8, 2009 às 7:34 pm

    q lllllllllllllllleeeeeeeeeeeeeeeegggggggggggggggaaaaaaaaaaaaaaaalllllllllllll


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




O Brasil para o Planeta

Símbolo das primeiras atividades ecônomias entre Brasil e Portugal, O Pau-Brasil é muito mais importante que seu histórico valor comercial. Representa uma nação reconhecida mundialmente como um dos ecossistemas mais diversificados do Planeta. O Brasil é, sem dúvida, um país chave para a sustentabilidade do Planeta.

Semana do meio ambeinte

Na Semana do Meio Ambiente, O Conselho das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil e suas demais Câmaras Associadas, iniciam uma ação de valorização das Raizes históricas do Brasil como meio de preservar o futuro do Planeta. Em cada estado onde há uma câmara luso-brasileira, será plantado uma muda de Pau Brasil*. Através de suas raízes, estamos doando um pouco do Brasil para a o futuro do ecossistema mundial.
* Agradecimentos especiais ao Dr. Eudes de Souza Leão e a Estação Ecológica do Tapacurá da Universidade Federal Rural de Pernambuco pela disponibilização das mudas de Pau-Brasil.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: